Brasileiro investidor atrai atenção, mas país precisa acertar o rumo

Se não quiser perder janela de oportunidade, Brasil precisa olhar para os receios do mercado

Abertura de Mercado
Abertura de Mercado Foto: CNN

Do CNN Brasil Business*

Ouvir notícia

As divulgações de resultados das grandes empresas norte-americanas, principalmente as big techs, estão gerando grandes sorrisos no mercado, e isso já refletiu em várias partes. Um exemplo foi a Tesla, que divulgou seus resultados do segundo trimestre nesta segunda-feira (26) apresentando recordes de vendas e resultados.

Por aqui no Brasil, o dólar voltou a demonstrar uma queda em relação ao real, enquanto o Ibovespa pegou a onda de bonanças.

Já a proposta de mexer no Imposto de Renda continua apanhando muito. Mesmo quem reconhece a necessidade de atualizar o sistema de tributação, está muito preocupado. Nesta segunda, foram as entidades de classe que falaram contra a proposta de reforma tributária em andamento no Congresso.

Mesmo com a crise hídrica rondando e os receios em torno da reforma tributária, com empresários não gostando do caminho que a nova taxação propõe, os olhos dos investidores começam a se virar para dentro do país.

Mas, no meio disso tudo, o ministro da Economia, Paulo Guedes, está receoso com as contas no final do ano. A criação de novos ministérios voltou a reacender a preocupação da equipe econômica com o teto de gastos.

O debate do dia teve ainda o boletim Focus da semana trazendo uma projeção de inflação de 6,56% e de Selic a 7% até o final de 2021.

Neste episódio do Abertura de Mercado, a comentarista de economia da CNN Thaís Herédia ouve especialistas sobre os receios do mercado, e aproveita pra falar sobre o clima em Brasília que vem esquentando cada vez mais, além claro, de  outros temas que mexem com a economia e influenciam o mercado.

Conheça os podcasts da CNN Brasil:

E Tem Mais

Abertura de Mercado

Horário de Brasília

CNN Mundo

Alma do Negócio

Entre Vozes

5 Fatos

Na Palma da Mari

Todo o conteúdo da grade digital da CNN Brasil é gratuito.

*Publicado por Ana Carolina Nunes

Mais Recentes da CNN