Nakagawa: mercado internacional puxa preço dos alimentos

Alta de 0,94% em outubro é a maior para o mês desde 1995

Da CNN

Ouvir notícia

O diretor do CNN Brasil Business, Fernando Nakagawa, avalia que ainda não há notícias positivas em relação ao aumento dos preços dos alimentos — eles seguem subindo por causa do mercado internacional.

Apesar de a pandemia ter se iniciado na China, o país não foi tão economicamente impactado como outros e continua demandando muitos grãos, como a soja e o milho brasileiros, por exemplo.

O governo federal busca medidas para minimizar isso, como isentar a importação desses produtos, mas o efeito não é muito imediato.

As famílias mais pobres, que sofrem diretamente com o aumento, são exatamente as que estão perdendo renda agora com a redução do auxílio emergencial. 

Somando tudo isso, o grande impacto previsto pelos economistas é o aumento dos juros logo no primeiro semestre do ano que vem.

Leia também:

Preço de alimentos explica 90% da alta da inflação, diz FGV
Prévia da inflação: IPCA-15 acelera a 0,94%, maior alta para outubro desde 1995

 

(Edição de texto: Marcio Tumen Pinheiro)

Tópicos

Mais Recentes da CNN