Jeff Bezos é criticado após viagem espacial por condições trabalhistas da Amazon

Um documento divulgado em 2018 relatou que os funcionários urinavam em garrafas porque o horário de pausa não era o suficiente para dar conta do trabalho